Translate

English French German Italian Russian Spanish

Warning: Parameter 1 to modMainMenuHelper::buildXML() expected to be a reference, value given in /home/defes263/public_html/laad2009/libraries/joomla/cache/handler/callback.php on line 99
  • Decrease font size
  • Reset font size to default
  • Increase font size
Home Notícias A Taurus e o Tavor
A Taurus e o Tavor
Escrito por Leonardo Jones   
Seg, 20 de Abril de 2009 21:26
Empresa brasileira produzirá o fuzil sob licença com transferência de tecnologia

A Taurus apresentou na LAAD 2009 o fuzil Tavor TAR-21. Originalmente israelense, ele será fabricado sob licença no Brasil pela empresa gaúcha. Com um peso relativamente baixo e bom desempenho, o produto, de calibre 5,56mm, chamou a atenção da Taurus após testes intensivos com vários armamentos. A empresa buscava uma alternativa para o mercado nacional.

Taurus produzirá o Tavor com transferência total de tecnologia. Foto: Leonardo Jones/DBA Taurus concluiu que o armamento era o mais moderno e com melhor desempenho disponível entre os modelos atuais e procurou fazer uma parceria com a IWI (Israel Weapon Industries) para oferecer essa arma ao Exército Brasileiro e às Forças Armadas que procuram substituir seus fuzis nos próximos anos.

As empresas fecharam um contrato de fabricação do Tavor no Brasil, com um programa de transferência total de tecnologia de cinco anos de duração. O contrato prevê a transferência de 20% da tecnologia a cada ano, e ainda garante à Taurus o acesso a todas as atualizações feitas na arma durante esse período. Em outras palavras, no final, quando a Taurus receber 100% da tecnologia do Tavor, ela terá capacidade de produzir o fuzil bullpup no “estado da arte”.

De acordo com a Taurus, o produto atende a tudo que o Exército Brasileiro busca em um fuzil. É resistente, possui um cano com longa vida útil e tem manutenção simples. Uma das características do Tavor destacadas pela empresa é a mira holográfica da arma, parte integrante do fuzil.

O encaixe da mira é feito diretamente no cano e não em um trilho como em todas as outras armas. O argumento utilizado é de que as miras presas nos trilhos acabam se mexendo e desalinhando. Já com a mira presa diretamente no cano, isso é virtualmente impossível de acontecer. Para o caso da mira holográfica quebrar, o Tavor conta com uma alça e uma massa de mira dobráveis, muito simples de serem usadas. 

A Taurus argumenta que se o Exército Brasileiro está procurando uma arma moderna, e quer transferência de tecnologia para a indústria de defesa nacional, o Tavor é o “produto perfeito”.
 
O Tavor

O Tavor TAR-21 é um fuzil calibre 5,56mm bullpup, projetado de maneira na qual todo o sistema de alimentação da arma se situa no interior da coronha, atrás do gatilho, o que torna a arma mais curta. A TAR-21 possui pontos de ejeção em ambos os lados, sendo facilmente configurado para atiradores que utilizem tanto a mão direita como a esquerda.

O desenvolvimento do Tavor, começou em 1991 na IMI - Israel Military Industries, em cooperação com as Forças de Defesa de Israel (IDF). Designado TAR -21 (Tavor Assault Rifle, para o Século XXI), o projeto foi revelado em 1998, quando foi iniciada sua adoção pelas IDF.

Testado de 1999 a 2002,  o fuzil apresentou alguns problemas que tiveram que ser corrigidos em novas versões. Atualmente seu uso está se disseminando pelas IDF, em substituição aos já envelhecidos M16A1, CAR-15, IMI Galil e os M4 mais novos, mas com deficiências em operar no deserto. O Exército da Colômbia também adquiriu o Tavor para suas tropas especiais.
 
Fotos:



 

Novidades Por E-mail

Receba diariamente as novidades do site. Insira seu endereço de e-mail e cadastre-se agora: